.


29 de maio de 2010

>Mineirinho esperto

Imagem da webMineirinho chega num bar em Santa Rita do Sapucai e pergunta:
- Você poderia me vender uma cerveja fiado?
O dono do bar responde:
- Tá vendo aquele cara bem forte e alto?
É o seguinte, de tanto ele malhar, o pescoço dele ficou pequeno, e quem chama ele de pescossim leva uma baita surra.
Se você chamar ele de pescossim, eu te vendo fiado por um ano!
O mineirinho chega até a mesa, dá uma batida nas costas do cara e diz:
- Meu amigo, como vai?
- Mas eu nem te conheço.
- A gente pescô junto!
- Não pescô não!!
- Pescô sim!!!
Mineirinho tomou cerveja fiado por um ano!!!.

Colaboração da amiga Sandra do blog Oasis

10 de maio de 2010

>Receita para um casal nunca brigar

web Nos dias atuais os casamentos não duram muito; quando aparece um casal que consegue chegar fazer bodas de prata, e bodas de ouro acaba virando notícia. E aqui foi o que aconteceu. Uma amiga minha que não deixa nada passar fez questão de mandar pra mim um e-mail, achei tão interessante fiza uma adaptação e estou publicando para levar ao conhecimento para o maior número de pessoas possíveis. Veja!

Um casal foi entrevistado num programa
de TV porque estava casado há 50 anos de csados e nunca tinha discutido.
O repórter,curioso, pergunta ao homem:

- Mas vocês nunca discutiram mesmo?
O marido responde categoricamente que não.
- Mas como é possível isso acontecer meu senhor, nos dias atuais; conta o segredo, muitos vão querer saber.
- Bem, quando nos casamos, a minha esposa tinha uma Gatinha de estimação que amava muito.

Era a criatura que ela mais amava na vida.

No dia do nosso casamento, fomos para a lua-de-mel
e minha esposa fez questão de levar a gatinha junto.

Andamos, passeamos, nos divertimos muito mesmo. E a gatinha sempre conosco. Um certo dia a gatinha mordeu minha esposa. Ela olhou bem para a gatinha e disse:
- Um.

Algum tempo depois a danada da gatinha mordeu minha esposa novamente.

Minha esposa olhou para a gatinha e disse:
- Dois.
Na terceira vez que a gatinha mordeu, minha esposa não pensou; sacou uma espingarda e deu cinco tiros na bichinha, que pelo próprio tamanho ficou mais parecida com uma bucha. Isto é, ficou irreconhecível. Imagine um bichinho daquele tamanho levar cinco tiros.

Claro, eu fiquei apavorado e perguntei: quer dizer, perguntei não, inquiri-a;
- Sua ignorante desalmada, porque tu fizestes uma coisa dessas com um bichinho tão inocente e bonitinho mulher'?

A minha esposa olhou para mim e
disse: '
- Um.....'

Depois disso, nunca mais discutimos.

(Baseado em um e-mail recebido da amiga Claudinha)

1 de maio de 2010

>O M. S. T. e suas invasões

webHá coisas que não podemos aceitar; e o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), é uma delas. Recebe milhões de reais do governo através de várias Ongs, enquanto outros setores vivem de migalhas. Ocorre porém que esse grupo é uma agremiação clandestina que na maior parte das invasões que fazem em todos os cantos do país, seus integrantes, destroem propriedades, furtam e depredam os locais por onde passam. Nasci e cresci no campo e o verdadeiro homem da roça não comete tais barbaridades. Existem outras maneiras de chamar a atenção da mídia e do governo sem usar de violência.

O MST, na verdade é uma incógnita, ninguém sabe pra que serve a não ser usado politicamente pelos espertos de plantão que usam pessoas simples do povo, como massa de manobra, para atingir suas metas. Uma das cenas revoltantes, entre tantas outras mostradas, foi aquela em 06/10/2009, que utilizaram um trator para destruir uma plantação de laranja na divisa dos municípios de Iaras e Lençóis Paulista no interior de São Paulo. A maioria das lideranças são terroristas disfarçados de trabalhadores rurais que usam como munição os pobres sem terras.

Legalmente o MST não existe, e se não existe por que o governo repassa dinheiro para ele? Por que será que as lideranças do movimento nunca quiseram registrar em cartório a criação deste que é hoje uma das grandes forças de mobilização rural. As associações, sindicatos e sociedades sempre que surgem, a primeira coisa que seus fundadores fazem é registrá-las em catório; com o MST não foi assim. A quem intessa?
Veja o vídeo;



LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...