.


8 de novembro de 2013

>As plantas e suas propriedades medicinais sempre nos surpreende

Imagem J Araújo

Estive em Minas Gerais, no Município de Araponga, mais precisamente em uma região conhecida como Estouros, lá conheci essa arvore - das fotos - que está fazendo o maior sucesso naquela região. 

Quem conhece? Até o momento a única coisa certa é que os moradores estão encantados com ela, (não pela beleza de suas flores) pelas propriedades curativas que a mesma tem apresentado, já arrumaram até um nome para a mesma.

Imagem J Araújo
Estão chamando-a de "Mertiolates". Os moradores da roça estão usando o liquido que sai quando sua folha é retirada do caule, como cicatrizante "curando" ferimentos com uma rapidez impressionante segundo informações.


Estava ansioso em saber que planta é essa através de pesquisadores que pudesse responder com segurança se realmente a mesma tem alguma propriedade terapêutica conhecida da medicina ou se é apenas mais uma daquelas famosas descobertas da medicina popular.

Em contato com o Instituto de Botânica de São Paulo veja a resposta:

Prezado J Araújo

As fotos que você enviou são da jatropha multifida, uma espécie da Euphorbiaceae, a mesma da família da mandioca e da borracha. Essa espécie é nativa do México e America Central, no Brasil é cultivada como planta ornamental.

Desconheço qualquer utilização do látex dessa planta como cicatrizante, que inclusive pode ser irritante para a pele. 

Entretanto a utilização de látex de Euphorbiaceae para extirpar verrugas é mencionada na medicina popular, como no caso da Euphorbia tirucalli, uma espécie também muito cultivada no Brasil.

Atenciosamente

Inês Cordeiro



23 comentários:

  1. Interessante isso e é bom mesmo ter certeza do que realmente é,não? abraços,chica

    ResponderExcluir
  2. Oi, J. Araújo, a natureza é mesmo próspera, maravilhosa... O ser humano é que não sabe ver.
    Beijo e muita paz!

    ResponderExcluir
  3. Saudações amigo J.Araújo, saúde e paz.
    Curioso, mas na foto parece-me que há várias plantas juntas. Fica difícil identificar a qual se refere...
    De qualquer forma é preciso tomar cuidado... bom mesmo é fazer como vc recomendou, aguardar opinião de um especialista.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amigo Milton, a planta a qual me refiro é aquela que aparece em primeiro plano nas fotos. Mas valeu, quem sabe, outras pessoas podia pensar igual a você.

      Excluir
    2. Tenho desta planta em casa. Gosto muito.
      Usamos aqui como cicatrizante sim.
      Faz anos.
      Moro em Minas Gerais.
      Acabei de usar agora.

      Excluir
    3. Joice, como eu já havia dito fiquei curioso pra saber as propriedades medicinais dessa planta e pedi para um(a) especialista no assunto respondesse minhas dúvidas. Como pode ver não é muito recomendável ficar usando essas coisas sem um estudo mais aprofundado.

      Excluir
    4. J Araújo concordo com você, ontem​por acaso duas pessoas ingeriram algumas castanhas por pura curiosidade, e passaram muuuiittooo mal, não morreram pela graça de Deus e um médico iluminado que estava no plantão e aplicou o medicamento certo, temo que se uma criança acidentalmente ingerir uma castanha dessas, pode vir a causar muita tristeza.
      Por isso também aconselho as pessoas: Pesquisem tudo por favor os benefícios e os malefícios. Fica a dica

      Excluir
  4. Araujo,
    Impressionante a beleza da árvore, mas como disse se as pessoas a usam com sucesso, apenas há de se tomar o cuidado de lavar bem a folha antes de quebrar
    o caule e extrair a seiva curativa. Apenas uma medida de higiene e evitar uma possível contaminação pelos ares da própria natureza que anda tão poluído, ou por
    minúsculos excrementos de alguma mosca, ou inseto que por acaso ali se assenta para sugar a seiva das flores. Os índios se tratam com folhas, frutos, raizes,
    mesmo porque aí deles se dependessem de alguma Unidade Básica, que começando pela nossa cidade, NADA TEM A OFERECER. sonia.

    ResponderExcluir
  5. Araujo,

    Conversei por acaso com uma funcionária do Instituto Agronômico, Campinas, e ela me disse que se levar a foto da planta lá no laboratório deles, é bem
    provável que eles a identifiquem pára voce. sonia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Sonia, passa pra ela o endereço do blog. A foto está disponível para qualquer pessoa que queira ajudar na identificação da (árvore) planta.

      Excluir
    2. ¡Hola, Araujo!!!

      Los propios medicamentos salen de las plantas, por lo tanto puede ser curativa para algunas enfermedades, de hecho hay plantas que lo son.
      En los arbolarios hay infinidad de medicina natural procedente de diferentes plantas.
      Y, antiguamente todo se curaba con hiervas curativas y plantas, lo que si es importante, es conocer bien cada una de ellas, pues también las puede haber venenosas, y también requieren una especial higiene.
      Gracias por compartir tus letras, y por dejar tu huella en mi puerto marinero, me hace muy feliz.
      Te dejo un beso y mi estima.
      Se muy muy feliz.

      Excluir
    3. Olá tenho alguns pés dessa planta na chácara, por aqui dizem que é o mercúrio, de fato se vc cortar o caule pinga um liquido que depois escurece e fica da cor do mercúrio, o nome cientifico é Jatropha Multifida, pesquise com esse nome e encontrará muitas paginas que falam a respeito dessa planta.




      Como ler uma caixa taxonómicaJatropha
      Jatropha multifida
      Jatropha multifida

      Excluir
  6. Olá!
    Muito interessante! Corajoso da parte de quem descobriu o efeito da planta.

    Agradeço sua visita ao meu blog. Peço desculpas por não estar atualizado, mas como posto minha prática com os alunos e me encontro afastada do trabalho até abril de 2014, o blog ficará sem postagens até lá.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Olá meu querido amigo,
    Eu realmente não conheço...na realidade pouco consigo reconhecer algumas árvores, embora eu sempre uso algumas com frequência por suas propriedades curativas tipo a aroeira sempre tenho em casa entre outras, mas eu as compro com identificação e indicações sérias, porque com saúde não se brinca.
    Quando criança ( e isso faz muito, muito tempo)rsss lembro da descoberta do Confrei a coisa tomou uma proporção tão grandiosa que quase todas as casas da vizinhança tinha as plantinhas em vasos, jardins etc...as pessoas tomavam chás, comiam as folhas era uma loucura , algum tempo depois descobriram que essa planta produzia efeito colateral seríssimo câncer no fígado.O melhor é sempre ter prudência!! investigar primeiro ...sou muito cautelosa mas com certeza prefiro usar plantas medicinais do que remédios industrializados.
    Desejo-lhe um ótimo final de semana.
    Abraços
    Joelma

    ResponderExcluir
  8. Interessante amigo, caso ja tenha informação gostaria de saber.
    Nao teria outro nome conhecido pelos mais velhos da cidade?
    Um abração.

    ResponderExcluir
  9. Conheço essa planta,aqui no Mato Grosso ela tbm eh conhecida como mercúrio e merthiolate. Curei uma ferida que minha filha de 10 meses tinha em apenas 1 semana. Podem confiar,ela é milagrosa!

    ResponderExcluir
  10. Conheci essa planta na minha antiga escola, onde um professor de química dava um curso de fitoterapia. Ele a chamava de "bálsamo do espírito santo". Nunca achei referência a essa planta na Internet, porém ano passado vi vários pés numa cidade do ES e era conhecida por alguns como "pé de balsamo", o que explica o nome que meu professor dava. Aliás, a propriedade que ela tinha no curso era exatamente cicatrizante. Eu lembro de tê-la usado algumas vezes com sucesso. Esse ano finalmente consegui uma muda e tenho um pé em casa, mas felizmente ainda não precisei usá-lo. Foi bom saber o nome científico para poder pesquisar melhor a literatura. Obrigado!

    ResponderExcluir
  11. Eu tenho aqui em casa. moro em Balneário Barra do Sul SC. A planta é melhor que qualquer pomada, já curamos varias feridas na familha até em criança pequena.

    ResponderExcluir
  12. Olá, estou muito feliz por ter encontrado um post sobre essa planta! Sou de SC grande Floripa e também conheço com cicatrizante, tenho uma plantada em casa.. Vi que o post é de novembro de 2013, tem mais alguma atualização desde então?

    ResponderExcluir
  13. Pode usar sem medo. Conheço e uso há decadas! A cicatrizão além de excelente, minimiza problemas esteticos...

    ResponderExcluir
  14. Eu tenho pés,,mas nunca usei,,até vieram perguntar se era maconha,,,,

    ResponderExcluir
  15. Tenho aqui em casa, no Rio de Janeiro. Me deram como "barço" deve ser de bálsamo. Quando passo na ferida sara muito rápido.

    ResponderExcluir
  16. Apesar dos efeitos benéficos que algumas pessoas relatam, gostaria de informar que as castanhas são altamente tóxicas, se uma criança ingerir uma dessas pode vir a entrar em coma, experiência própria, tomem muito cuidado, os sintomas são muito sérios e graves até mesmo para os adultos. Fica o alerta. Pesquisem mais!

    ResponderExcluir

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog.

Este espaço presa pelo respeito às diversidades, porém, se mantém o direito de não publicar opiniões que venham a ofender a honra de qualquer pessoa.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O blog, Serra de Minas, poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...