.


Mostrando postagens com marcador Dinheiro. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Dinheiro. Mostrar todas as postagens

13 de janeiro de 2017

Você se sente seguro ao usar caixas eletrônicos

O crime organizado está cada vez mais organizado. As novas tecnologias existentes não inibem as quadrilhas de buscar, também novas tecnologias a favor do crime.

Já em 2011, a polícia Civil de São Paulo estourou um laboratório especializado em construir caixas eletrônicos adulterados na região da Água Fria, na zona norte da capital paulista. Segundo o Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic), os equipamentos eram instalados nos locais de autoatendimento de agências bancárias e permitiam capturar informações completas dos cartões dos clientes. Na época duas pessoas foram presas na ação.

Como podemos ver a seguir isso ocorreu a 5 anos e parece que nada mudou de lá pra cá. As quadrilhas continuam usando, além da tecnologia a serviço do crime organizado, como também a técnica, essa mais violenta que o estouro dos caixas eletrônicos em busca de dinheiro.

Além disso, temos ainda, os roubos em empresas transportadoras de valores que leva pânico a população dos bairros onde essas empresas estão localizadas em alguns casos causando mortes, não somente de agentes de segurança, mas também de civis inocentes.


O país vive momentos de grandes desafios para o governo propor medidas mais duras de combate à criminalidade, armando melhor sua polícia, mas não somente isso, endurecendo a aplicação da lei para acabar sensação de impunidade. Os marginais continua inovando a cada dia para levar vantagem. E usam equipamentos tão sofisticados que fica quase impossível saber se o equipamento que você está usando é verdadeiro ou falso.
Veja o vídeo abaixo
video

(a) J Araújo

23 de dezembro de 2016

Não seria nada mal comprar um peru

Conta-se esta história. Há muitos anos, em uma véspera de ano novo,um homem muito rico que não tinha mulher, filhos, nem qualquer outro familiar, decidiu presentear todos os empregados de sua mansão. Na hora do jantar, ele chamou os funcionários e pediu para que eles se assentassem à mesa.

À frente de cada um havia uma Bíblia e uma pequena quantidade em dinheiro. Depois que todos se acomodaram, o homem perguntou: - O que vocês preferem receber de presente: esta Bíblia ou este valor em dinheiro? Não fiquem tímidos, vocês podem escolher o que quiserem.

O primeiro empregado a se manifestar foi o zelador: - Senhor, eu gostaria muito de receber a Bíblia, mas como não aprendi a ler, o dinheiro será mais útil para mim. O jardineiro foi o segundo a falar: - Senhor, minha esposa está muito doente, e por esta razão eu tenho mais necessidade do dinheiro. 

Caso contrário, escolheria a Bíblia, com certeza!  A terceira foi a cozinheira:- Senhor, eu sei ler. Para falar a verdade, é uma das coisas que mais gosto de fazer. Porém, eu trabalho tanto que nunca consigo arranjar tempo nem para folhear uma revista, quanto mais ler a Bíblia. Por isso, vou aceitar o dinheiro.

Por fim, chegou a vez do menino que cuidava dos animais da mansão. Como o senhor sabia que a família do garoto era muito pobre, ele se adiantou:- É claro que você vai pegar o dinheiro, não é mesmo, rapaz? Você pode comprar alimentos para fazer uma boa ceia em sua casa, além de comprar uns sapatos novos.

O menino, então, surpreendeu a todos com a sua resposta:- Não seria nada mal comprar um peru e outras comidas saborosas para dividir com meus pais e meus irmãos. Eu também preciso de um par de sapatos novos, já que os meus estão muito velhos. Mas, mesmo assim, vou escolher a Bíblia. Sempre quis ter uma. 

Minha mãe me ensinou que a Palavra de Deus vale mais do que o ouro e é mais saborosa que um favo de mel. Ao receber a Bíblia, o menino imediatamente a folheou e encontrou dentro dela dois envelopes. No primeiro, havia um cheque com valor 10 vezes maior do que o dinheiro deixado pelo senhor em cima da mesa.

Já no segundo, havia um documento que fazia daquele que escolheu a Bíblia, o herdeiro de toda a fortuna do homem rico! Diante da emoção do garoto e do espanto dos outros empregados, o senhor abriu uma das Bíblias e leu em voz alta para que todos ouvissem: A lei do Senhor é perfeita, e revigora a alma. Os testemunhos do Senhor são dignos de confiança, e tornam sábios os inexperientes. 

Os preceitos do Senhor são justos, e dão alegria ao coração. Os mandamentos do Senhor são límpidos, e trazem luz aos olhos. O temor do Senhor é pura e dura para sempre. As ordenanças do Senhor são verdadeiras, são todas elas justas. “São mais desejáveis do que o ouro, do que muito ouro puro; são mais doces do que o mel, do que as gotas do favo” (Salmos 19: 7-10). Que Deus nos dê sabedoria e nos ajude a fazer escolhas certas.

Deus Abençoe a todos! 

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...