.


Mostrando postagens com marcador Bons exemplos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Bons exemplos. Mostrar todas as postagens

3 de fevereiro de 2017

Aprender pelos exemplos dos outros

Um bom professor de matemática não somente fala como solucionar os exercícios dados por ele como também é normal mostrar aos alunos alguns exemplos para reforçar as instruções verbais. Pelo exemplo dos outros, uma criancinha aprende andar, falar e colocar o garfo na própria boca vendo como os adultos fazem e também pelo que são estimuladas a fazer. 

Aprende chutar uma bola ou fazer carinho numa boneca. Mesmo se ninguém falasse, os exemplos seriam suficientes para aprender muitas coisas importantes na vida.
Exemplos servem para nos instruir sobre a vontade de Deus. Jesus demonstrou a humildade e o serviço e disse: “Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também” (João 13:15). Paulo, em sua primeira carta aos corintos disse: “Portanto, suplico-lhes que sejam meus imitadores. (1 Coríntios 4:16). Porque Paulo foi um exemplo de servidão a Deus.

Até exemplos negativos servem para nos instruir. Paulo cita os erros dos israelitas no deserto e diz: “Ora, estas coisas se tornaram exemplos para nós, a fim de que não cobicemos as coisas más, como eles fizeram” (1 Coríntios 10:6). 

Uma pessoa que chega perto de um precipício pode aprender da placa que adverte sobre o risco de cair (aprender por ouvir), ou pode aprender do exemplo de alguém que continuou adiante e caiu (aprender pelo exemplo dos outros). Fica a lição de seguir exemplos bons ou ruins.
(a) J Araújo

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...